Você Será Sempre Para Mim a Minha Mãe (Luise Alvim Cordeiro de Assis)

Minha mãe Sueli, a vovó Jovelina me trouxe aqui para esse momento muito especial para os nossos coração.

Estou vindo aqui sem qualquer barreira e com a mesma expectativa de como você receberá as minhas notícias.

Quero encontrar as palavras certas e a vovó me dará apoio.

Começo antes de tudo a lhe dizer que não tenho raiva e nem ódio do que você fez. O seu instinto de proteção excedeu e seu sentimento de querer abrir os meus olhos levaram você uma sintonia não legal que potencializou também a sua atitude.

Eu peço que você estude a linha de seu pensamento quanto você jogou o que jogou em mim. Sua intenção não foi de me matar, sua intenção mais profunda foi mãe de me acordar para a realidade do que a droga estava me fazendo.

Eu lhe digo que o sistema nervoso e o cérebro estavam comprometidos e até hoje estou me tratando aqui essas sequelas. As outras sequelas não existem mais.

A vovó e os médicos me ajudaram a sair do clima de perturbação quando acordei do lado de cá.

Se alguém tem que pedir que desconsidere alguma atitude é eu por insistir no vício da droga e no sentimento de autossuficiência.

Espero que meu perdão que lhe peço não tome um peso contrário em seu coração como se lhe estimulasse a aumentar a sua culpa.

Eu lhe perdoo sim porque também tenho a minha parte na sua desestrutura emocional e você aí cada dia mãe se torturando e se culpando…

Eu peço para você toda noite pensar nessa frase: “Se Deus não te culpa, mãe, pelo que você fez, porque você terá o direito de se culpar?”. Esforce mãe para toda noite você fazer esse exercício no pensamento.

Eu entendo que você não jogou contra mim naquele dia de discussão intensa.

Deus irá mãe ajudar você esquecer as imagens que ficaram, e se tivemos as dificuldades de relacionamento vamos construir agora um relação daqui pra aí, e daí para cá, com o sentimento de cumplicidade e de construção de uma nova estrada para nós.

Você será sempre para mim a minha mãe e serei sua filha para sempre…

Vamos nos dar a mãe e fazer um serviço de ajuda aos que estão sofrendo por aí tanto quanto nós.

Me dê sua mão, eu preciso dela, limpa sua culpa.

Deixo aqui o meu sentimento e o meu coração de perdão mútuo.

Sua filha…

LUISE ALVIM CORDEIRO DE ASSIS (27/04/2013, 16 anos)

Mensagem psicografada no ­­­­Centro Espírita Bom Samaritano, em Curitiba, no dia 25 de agosto de 2013, pelo médium Orlando Noronha Carneiro

Posted in Psicografias

Psicografias

Prezados Amigos,

Com alegria informamos da psicografia, como sempre sobre as bênçãos de Jesus, na divulgação da Doutrina Espírita codificada por Allan Kardec à luz do Evangelho de Jesus.

Calendário atualizado em todos os locais. (aqui).

Senhas da Psicografia

Em geral, convidamos a todos que busquem, se for de sua vontade, uma Casa Espírita, orientada conforme os preceitos de Jesus e Kardec, e de fácil acesso, com o objetivo de conhecerem a Doutrina Espírita em seus estudos e cursos especializados.

Fraternalmente,
EQUIPE PORTAS DO AMOR