Se a saudade nos abrasa, a esperança tem que nos abrasar muito mais.

Mamãe,
Vó Mariza,
Meu grande amigo Hudson,

Acredito que apesar da tamanha dor nossos corações nunca se separaram. O
vô Anibal que aqui se apresentou comigo me trouxe com outros amigos que
aqui chegaram.
Não se estresse mãe. Entendo perfeitamente suas angústias, suas duras lutas
íntimas, nas bombas de problemas que chegaram. Como sempre o meu
respeito como você pensa, mas principalmente pelo que sente. Mas preciso
lhe dizer que mágoa é um bombardeio de coisas ruins e negativas que a gente
envia para o nosso corpo. E não esqueça que papai e todos deverão colher o
que fazem.
As exigências da vida chegam sempre mãe! E nossas mãos não devem nunca
se valer para antecipar as coisas. Desculpe se aceitei e insisti a viagem para a
apresentação de meus anseios pessoais e íntimos.
Não fique se cobrando todo dia por aí que você deveria ter batido o pé e não
permitido a minha viagem, caindo na conversa de “x”, que não colocarei o
nome na carta, por cuidados que devemos tomar.
Não será legal você viver assim se cobrando porque eu tanto desejava a nova
possibilidade de um projeto. Soube o quanto os amigos sofreram e nem
podiam acreditar com o acidente.
Não podia imaginar como as pessoas sentiam carinho por mim. Ouça as
palavras da vó Mariza que são sábias. E saiba que posso inspirar vovó para lhe
falar.
Eu tenho ciência de que deveria escrever um livro para tentar remover de
você todas as suas angústias. Saiba que minha adminiração por você não
acabou… intensificou-se!
Mãe amiga, amiga mãe, irei retornar em outras páginas e cartas, mas não
posso ficar omissa e vê-la em um cansaço emocional que me preocupa.
Agradeço as gentilezas em meu nome que sinto não merecer.
Se a saudade nos abrasa, a esperança tem que nos abrasar muito mais!

Mãe, não se entregue, não desista. Você tem muito a seguir e não diga sem
minha presença física, porque a sua tiquinha sempre arrumará um jeito de se
fazer presente.
Não sinto mãe, o impacto do acidente e nem as sequelas. Sou uma folha nova
em outra árvore.
Quero seguir ao seu lado e de nossos projetos, e por enquanto vibrarei como
sempre os sucessos e reconhecimento.
Sua filha não está perdida, segue para frente.
Trago-lhe espiritualmente flores vermelhas que colhi no jardim espiritual, e
deposito agora em nosso cantinho especial em casa.
O tempo avança, mas preciso parar, não para silenciar depois. Eu vou voltar
de novo, tá? Promessa feita e que será cumprida.
Viva por mim mamãe. Não entre no jogo mesquinho de pessoas ainda pobres,
não renuncie sua paz e sua felicidade se atritando em demasia por questões
que passarão com o tempo.
Preocupada com você mãe, beijo o amigo do coração que é irmão. E me
perdoe não ser direta na carta, pois precisei adequar ao tempo de escrita.
Voltem para casa na proteção de Deus!
A filha, neta e irmã-amiga. Nossas confidência Hudson, até a morte está em
silêncio.
Com afeto e beijassos,

Mi

Mylena Mendes de Cordova

Mensagem psicografada na Associação Beneficente Espírita Caminheiros do Bem, em Curitiba, no dia 10 de março de 2019, pelo médium Orlando Noronha Carneiro.

 

Posted in Destaques

Psicografias

Prezados Amigos,

Com alegria informamos da psicografia, como sempre sobre as bênçãos de Jesus, na divulgação da Doutrina Espírita codificada por Allan Kardec à luz do Evangelho de Jesus.

Calendário atualizado em todos os locais. (aqui).

Senhas da Psicografia

Em geral, convidamos a todos que busquem, se for de sua vontade, uma Casa Espírita, orientada conforme os preceitos de Jesus e Kardec, e de fácil acesso, com o objetivo de conhecerem a Doutrina Espírita em seus estudos e cursos especializados.

Fraternalmente,
EQUIPE PORTAS DO AMOR