Regiane meu eterno amor! (Cleiton Rafael Teixeira)

Cleiton Rafael Teixeira

Regiane meu eterno amor!

Hoje consegui vir e atender suas buscas. Nem sempre o tempo nosso será atendido, me custou para eu chegar até aqui.

As lutas foram grandes, mas isso não é assunto para hoje.

Seu vô Armando está aqui e deixa-lhe abraços, e diz estar contigo.

O Gerson também veio e também lhe abraça o seu coração e da Nayara.

E eu venho aqui com auxilio para lhe escrever como disse com a ajuda de pessoas bondosas que me auxiliam.

Sou sempre grato meu amor por tudo que você representou em minha vida e ainda representa e sei que você vem me ajudando com seus pensamentos de oração e de fé em meu favor.

Sou grato, você me ajudou com sua Fé e esperança. Não foi assim simples aceitar como as coisas aconteceram, mas no meu coração eu sabia dos perigos que podiam ocorrer, mas eram pensamentos rápidos que surgiam e depois logo passavam e ia em frente.

O que mais dói aqui pode ter certeza são as crises da consciência de que tudo podia ser diferente.

Os caminhos poderiam ter sido outros, mas é isso aí, não posso ficar chorando pelo que passou e ir para frente, pois tem outras estradas para dar os passos. Queria aqui lhe dizer as palavras de nosso carinho e de nosso afeto, mas ouçam eles em seu pensamento para que a nossa intimidade fique entre nós, porque passa os dias e a saudade vai aumentando.

Mas vou pensando sempre em ter forças para não cair. A saudade com a Nayara e a Kemilly é tão grande que preciso ser forte aqui, mas não consigo segurar as lágrimas.

Não fique preocupada minha linda comigo, pois estou sendo auxiliado. Fui auxiliado a não ficar em clima ruim, como disse foi um a etapa de agitação e dor e que foi passando, mas não sei de verdade o que seria de mim se não tivesse mãos que me levantassem, ou seja, pegassem em minhas mãos e levantasse eu mesmo da dor e da preocupação com vocês.

Agora tudo sob controle e ir para frente. Eu sei que contarei com seus pensamentos de força e eu torço de verdade que você e as nossas estrelas de vida sejam felizes.

Eu estou aqui recordando de nós de suas visitas que me fazia e não preciso dizer do ambiente que vivi. É barra pesada e eu avalio que muitos estão por lá porque quando crianças só viram o que não é certo.

Cresceram assim, vendo violência, roubo, droga e não conheceram os exemplos do bem. É muito fácil levantar a voz e dizer: os presidiários os joguem no mar aos tubarões, mas não pensam que as crianças que chegam a juventude ou a madureza não ouviram falar de Jesus, sim Jesus, poderiam ter ouvido. Mas não ouviram Jesus, vendo nos pais os grandes exemplos.

Olha meu amor não virei pastor, padre ou o que seja, mas não tem como aqui não pensar no que se foi feito e querer entender os porquês das coisas.

É legal e bom saber que vou ter mais novas oportunidades.

De que os autores da violência para comigo feriram acima de tudo eles mesmos, pois a consciência de dor que vem na pessoa que atentou com a vida de alguém é quase insuportável aqui, gritam quase enlouquecem, mas sem os anjos do bem o que seria, é o que eu precisava lhe dizer.Que vou refazendo a minha vida e torço para que você e nossas filhas se encontrem para serem felizes.

Obrigada gata, eu te amo pacas, você está sendo ajudada por benfeitores daqui e tire as besteiras da cabeça. Valeu, com saudades, Cleiton Rafael Teixeira (28/10/2011 – 35 anos).

Mensagem psicografada em 12/10/2014, no Pronto Socorro Espiritual “Pais e Filhos” em Osasco – SP, pelo médium Orlando Noronha Carneiro.

Publicado em Psicografias Marcado com: