Psicografia: QUEBREI O SILÊNCIO QUE TANTO LHE PERTURBAVA (Willian)

Mamãe Silmara, quem está comigo é a vovô Nair que aproveita para abraçar.

Ah mamãe, vim falar para você de vida, em que eu justamente não quis acreditar nela com a minha desistência, assim atendendo às minhas perturbações íntimas.

Me perdoe minha fragilidade mamãe, você não merecia o que eu fiz, você que sempre me deu o melhor na condição de mãe tão legal e prestimosa.

Eu venho pedir que você me perdoe por ter instalado em seu coração tanta dor junto com minhas irmãs Daniele e Joyce.

Ninguém tem nada a ver com o ocorrido, é coisa minha, dei atenção às minhas perturbações.

Estou me recuperando aos poucos, mas agora é só sol e luz e projetos futuros.

Quebrei o silêncio que tanto lhe perturbava…

Acredito que meu silêncio destes tempos era a voz mais alta e dolorosa que você ouvia e que lhe traz tanta dor na alma.

Ah mãe, Deus existe, ele nos ama e nos ajudará a supera todas as dificuldades que nós criamos para nós mesmos.

Não estamos sem Deus, Ele está nos dando forças.

Saiba que lhes amo…

Guarde sempre o seu filho em seu coração, seu para sempre…

WILLIAN DONIZETTI CORREIA

Mensagem psicografada no Centro Espírita Recanto da Prece, em Curitiba, no dia 26 de fevereiro de 2012, pelo médium Orlando Noronha Carneiro

Publicado em Psicografias

Deixe uma resposta