Psicografia: LÁGRIMAS QUE SE TRANSFORMEM EM ESTRELAS DE CONFIANÇA EM DEUS (Alberto Luiz Zortéa)

Mamãe Alzira, querido Papai Lírio…

Mais uma vez que Deus nos dê forças. Quem me acompanha é a vovó Francisca.

Patrícia, esposa querida, Victória, filha, minha filha, como controlar as lágrimas… Impossível, impossível mesmo…

Nossas lágrimas devem se unir para que a esperança jamais debande de nós mesmos.

Vejo-lhe Patrícia olhando para o quadro que me traz aos seus olhos, solicitando em nome da saudade, a minha presença, querendo entender tudo o que nos aconteceu.

Quero confirmas as minhas notícias, tentando reascender em você, em meus pais, e em nossos filhos, onde incluo o Luiz Alberto, e dizer-lhes que estou em paz e com os pés mais firmes a cada dia.

Compreendamos que o que me ocorreu não foi qualquer má sorte na vida, ou que Deus tenha nos castigado, ou que os médicos falharam em suas ações…

Entendamos mais agora que a provação não chegou até nós apenas, essas lições da vida se estendem neste mundo a milhares e milhares de famílias.

Abracei você filha, tentando me fazer sentir.

Que o Luiz Alberto receba por você o meu abraço de pai saudoso.

Mamãe continue suportando e peço ao criador que lhe diminua a tristeza que invade o seu coração.

É a mensagem que trago para que a noite de Natal, e o 31 para o 1º, as lágrimas não sejam de sangue, de dor, mas as lágrimas que se transformem em estrelas de confiança em Deus.

Um abraço também da vovó Francisca, sou seu filho mamãe, minha eterna mãe, desejando ao papai saúde e realizações junto com vocês.

Aproveito para deixar ao Fernando e a Leila, meus irmãos, toda luz do universo em seus passos.

Patrícia te amarei para sempre…

Filha te adoro…

Força para todos nós…

ALBERTO LUIZ ZORTÉA (10/10/2010, 41 anos)

Mensagem psicografada no Centro Espírita Recanto da Prece, em Curitiba, no dia 18 de dezembro de 2011, pelo médium Orlando Noronha Carneiro

Publicado em Psicografias

Deixe uma resposta