Psicografia de Elisa Yoshie Yamamoto

Querida mãezinha Marilene, mamãe amada do meu coração

Com as bênçãos de Jesus chego até aqui pedindo a sua benção de paz…

Fique tranquila mamãe, estou bem, graças a Deus, procurando transformar a saudade como incentivo a seguir para frente e não como um toque da vida

que nos chame à melancolia…

Elisa

Elisa

Tudo já passou, mãe, com a surpresa do novo caminho que veio até a mim… A adaptação daqui foi aos poucos, pois de início é natural que ainda nossos pensamentos ficam como “materializados” em nós…

Agora posso dizer com todas as letras que me sinto um verdadeiro habitante do Mundo Espiritual, mas não estou longe de você não mãe, estamos juntas;

apenas vivendo juntas de uma forma diferente, mas vivendo juntas como antes na nossa eterna amizade que viveu sempre em nossos corações.

Estou muito orgulhosa de você pelo esforço que você tem feito para buscar entender as coisas espirituais. Não desanime, mãe, siga em frente, com determinação; e quando posso te acompanho, dando-lhe o meu abraço de filha que sempre pensa em sua paz e em seu equilíbrio.

Sabe, mamãe, quando nos doamos em favor de alguma atividade de auxílio a outrem, nos sintonizamos com a lei maior da vida que é o Amor… e quando estamos nesta frequência chamada Amor, a tristeza se transforma em esperança, uma alegria nos envolve e toda angústia vai dando

“tchau” ao nosso coração…

Não se sinta sozinha caminhando pelas ruas da cidade… quantas vezes seguro nas suas mãos e juntas também olhamos algo interessante em uma vitrine, e parece que em seu coração bate uma nostalgia imensa… Não se preocupe com a nostalgia, fruto de sua saudade, porque estamos, mamãe, de mãos dadas pensando e sentindo juntas. A gente pode até não conseguir disfarçar tristeza na expressão do rosto, mas podemos nos esforçar para ter alegria nos olhos… Como eram os olhos de Jesus, com certeza os olhos físicos mais iluminados, mas eu penso serem duas estrelas que olhando para nós, iluminam nossos corações…

Beijo seu coração todos os dias por aqui… Está tudo bem mesmo comigo, não esqueça disso, tá mamãe? Sou a filha sempre reconhecida pedindo a sua benção de paz e amor…

Com carinho, mãe, sua para sempre,

Elisa

Mensagem psicografada pelo médium Orlando Noronha Carneiro, no Pronto Socorro Espiritual Pais & Filhos, em 05/julho/2015.

Publicado em Psicografias