Psicografia: CONTINUO COM OS DEDOS FIRMES NO MEU TERCINHO (Clara Feltrin de Souza)

Querida Maria Marlene, querida Letícia, filha e neta do coração.

Paulo querido, hoje eu vim graças ao bom Deus que nos sustenta.

Não vamos falar de doença e da minha partida… Assunto de tristeza, estamos fora deste tema…

Carrego vocês para sempre em meu coração…

Maria Marlene, filha, o Paulo tinha razão, pois mais a fé que tinha, na cultura que me foi dada, olhar por aqui, as coisas são reais e verídicas, mas continuo com os dedos firmes no meu tercinho que me deram aqui para continuar nas orações que incluo vocês todas as manhãs.

O meu Francisco de Assis, onde já fiz vida, por isso Assis me fala alto ao meu coração.

Vocês duas são duas manteigas que choram, eu respeito as suas lágrimas de saudade.

Quem disse que eu não ouço mais suas solicitações de opinião sobre as coisas? Ouço e oro por vocês fervorosamente.

Letícia querida tenha paciência minha querida, estou orando por você e peço a Jesus que ajude a você a não ter mais melancolias da depressão. Aqui vejo melhor a sua batalha íntima…

Ah! Como o Juninho tá bem e está lindo esse meu menino…

Não deixe a peteca cair não, quantos caminhos tem o arco-íris minha filha?  Continue lutando sem desfalecer, sem desistir, e digo a vocês…

Ave Maria, cheia de graças, o Senhor é convosco, bendita sois vós entre as mulheres, bendito o seu ventre. Nossa mãe belíssima e bendita.

Com meu carinho,

Clara Feltrin

CLARA FELTRIN DE SOUZA (28/07/2010, 84 anos)

Mensagem psicografada no Centro Espírita Recanto da Prece, em Curitiba, no dia 18 de dezembro de 2011, pelo médium Orlando Noronha Carneiro

Publicado em Psicografias

Deixe uma resposta