Psicografia: A SAUDADE É IMENSA, MAS GRAÇAS A DEUS SUPEREI A SAUDADE QUE MACHUCAVA (Guiomar)

A SAUDADE É IMENSA, MAS GRAÇAS A DEUS
SUPEREI A SAUDADE QUE MACHUCAVA

Guiomar Portugal

Guiomar Portugal

Meu querido esposo Izidoro, as bênçãos de nosso Jesus nos envolvam nesse dia feliz para nós.

Venho com alegria de quem tem a certeza que minhas palavras serão alento ao seu coração.

Está me acompanhando o seu pai Otávio.

Fique tranquilo que estou bem. A saudade é imensa, mas graças a Deus superei a saudade que machucava.

Não é só uma situação minha, notei que muitas pessoas aqui passam pela mesma situação.

Foram mais de quarenta janeiros de convivência e de cumplicidades. Juntos nós removemos muitas pedras, mas soubemos colher muitas flores trazendo alegrias.

Não podemos reclamar, pois conseguimos muitas coisas juntos. Mas nossos filhos são verdadeiros presentes que recebemos. Nossa família deve manter-se unida, pois é muito triste vermos famílias se desintegrarem. Vejo o quanto sofrem pessoas que veem seus lares em desarmonia e afastamento.

Quanto identifiquei que estava em outra realidade, não foi simples a adaptação, pois tudo continua, nosso apego à convivência nos acompanha por aqui, e a nova situação nos força à adaptação. Creio que isso aconteceu com você, e ficam as preocupações duplas de um lado para outro.

E assim foi passando o tempo para nós, e estamos conseguindo assentar as emoções.

Precisamos estar bem consciente que as dificuldades renais eram claras. A filtragem estava comprometida, e sem a hemodiálise seria impossível seguir um pouco mais.

Obrigado por estar comigo nessas horas que me via envolto de aparelhos abençoados que fazia a função do rim debilitado.

Hoje está tudo equilibrado, recebi atendimento e carinho de médicos que me ajudaram a recompor o equilíbrio. Deixe as minhas lembranças ao Renato, ao Celso e à Denise, nossos filhos que tanto amamos.

Espero que você seja feliz, siga seu caminho, e cuide sim da saúde, os exames periódicos.

Obrigado por sua presença aqui, que me traz imensas alegrias.

Fique com Deus e siga mais uma vez firme e seu caminho, recebendo de meu coração todo o carinho que me é possível.

GUIOMAR PORTUGAL (21/01/2007, 70 anos)

Mensagem psicografada pelo médium Orlando Noronha Carneiro, dia 31 de outubro de 2010, no Grupo Espírita de Caridade Meimei, em Curitiba.

Publicado em Psicografias

Deixe uma resposta