Pai não os esquece e os ama para sempre (Luiz Augusto Broetto)

Minha querida esposa Alana…

Primeiramente precisamos pedir a proteção de Deus.

Chego aqui com meu pai Luiz Albino, que me auxilia a trazer algumas palavras ao seu coração.

Agora tudo está bem e no controle. Realmente quem de nós está com o devido preparo no sentido de ver a outra realidade?

É o que aconteceu comigo, sabia das deficiências na área cardíaca. A cirurgia que trouxe a correção necessária, depois as medicações contínuas, os cuidados, mas acima de tudo a nossa confiança de que tudo iria caminhar junto e com mais tempo…

Mas não foi assim, e recordo o dia do exame para melhor avaliação do sistema, e que esse mesmo sistema não suportaria, e veio o mal súbito que me trouxe o desfalecimento e aí você sabe, tudo surpresa para nós e também para a equipe de saúde que me atendia.

Essa surpresa foi o meu maior obstáculo aqui, pois, até chegar na verdadeira conclusão, me vinham as dúvidas, e com jeito me orientaram o que havia acontecido.

Claro que chorei, mas tive o socorro de meu pai Luiz Albino, que veio me ajudar a não chorar com aflição, mas com confiança.

Então chego aqui com mais conformação, e aceitando acima de tudo que estamos sob a vontade de Deus, não é?

Tenho lutado com a saudade no peito junto aos meus meninos tão grandes, o Bruno e o Luiz Augusto. O que me tranquiliza é que eles são o amparo seu, e isso me dá paz, porque sei que você estará protegida.

Nós sabíamos que era inadiável o recurso da avaliação pelo exame, para um diagnóstico mais exato, e sabíamos dos riscos possíveis.

Me ajude com suas preces e sua fé.

Queria falar mais, contudo o tempo é no controle dos benfeitores que aqui me ajudam.

Beijos às crianças grandes, e saibam que eu gostaria de ter aqui um celular para mandar uma mensagem no celular deles e dizer a eles:

“Pai não os esquece e os ama para sempre”.

Com a alegria desse momento, sou o pai e o esposo sempre grato.

LUIZ AUGUSTO BROETTO (18/03/2015, 50 anos)

Mensagem psicografada na Associação Beneficente Espírita Caminheiros do Bem, em Curitiba, no dia 20 de dezembro de 2015, pelo médium Orlando Noronha Carneiro.

Publicado em Psicografias