Os Meus Projetos Aqui Continuarão (Iuri Morgan Gessi)

IuriMamãe, extensivo ao papai Vilmar…

Para começar está tudo bem comigo, mas com a ansiedade de poder lhe trazer notícias diante de um mundo novo que surge aos meus olhos.

Estou ciente de que você me buscaria pelos meios que venho me identificando, qual esse o de pensar, estar ao lado de um intermediário que transmite os meus pensamentos.

Não me encontro a sós nesse ambiente novo para mim. A vovó Gessi está ao meu lado e me trouxe ao meu lado com o auxílio de pessoas bondosas que fazem parte dessa tarefa.

Como disse mãe, me vejo com o olhar de surpresa para tantas coisas boas e novas que identifico aqui.

Sem dúvida me preparei para estar aqui para lhe dizer que não devemos de forma alguma sentirmo-nos como injustiçados pela vida como se do nada um sopro viesse modificando toda a nossa rotina. É claro mãe que estou e estamos em adaptação, mas não pensemos em um achado da vida para explicar a minha transferência para o outro andar da vida.

Eu aprendi nos meus raciocínios lógicos por aqui de que como a matemática, que é uma exata nos vários cálculos diante dos objetos vida, e não há erro nesses domínios, não ocorreu nenhum erro para meu local da vida em que agora me encontro.

Quando estava na direção senti que um torpor me envolveu como se meu corpo ficasse rígido, e senti dificuldade de respirar. Sei que senti que o auxílio vinha, senti massagens no peito, mas como que em um estalar de dedo não consegui mais respirar, mas senti eu em mim mesmo depois, depois não mais consegui perceber as coisas. Escutei como em um sonho você e o papai em lágrimas, como meus irmãos, perdidos pelo que me acontecia, o Maikon e o Maneco, como que consternados.

Eu não entendia o que estava acontecendo, mas consegui que o sono viesse mais intenso. Tempos depois acordei ainda com dificuldades de respiração, mas logo fui passando com ajuda ao meu ver de enfermeiros carinhosos que me acalmavam acariciando meus cabelos, e como o tempo é curto presumo que fui saber de tudo ao que havia acontecido, ainda mais quando uma senhora que identifiquei como sendo a vovó Gessi, que veio até mim abraçando-me e aparando-me diante da revelação que me vinha.

Também perguntei o porquê do acontecido, e no momento certo mamãe e papai Vilmar, a vovó me disse que não deveria que não deveria me rebelar porque não cheguei na vida espiritual antecipadamente, e que mais lá na frente um dia compreenderei o porquê da minha etapa ser interrompida em fase tão importante da minha vida, em que ia preenchendo com os estudos que me levariam a conquistar os meus anseios de futuro profissional.

O que eu ouvi da vovó é que não houve qualquer erro nas circunstâncias da minha vinda pelo que sabemos ter ocorrido.

Só posso agradecer os que tentaram me reaver para a vida, imagino o desespero com que ficaram vendo a situação em que me encontrava.

Peço mamãe, papai Vilmar, minha mãe lindona, que busquem a aceitação, como estou procurando aceitar, procurando entender todas essas variáveis da vida.

Recebo seu carinho compulsando as minhas fotos, estou sempre grato pelo total carinho que me chega de você, do papai Vilmar, e dos meus irmãos.

Os meus projetos aqui continuarão, e você mãe, pode sossegar que um dia lhe falarei de um diploma que alcançarei aqui porque os meus olhos, os olhos que você admira e ama, encontram aqui a vida que segue sem ser um pouso de fábula. Aqui há uma sociedade que estou me adaptando…

Retorne para casa e espero que você conserve com mais calma e resignação, porque tenho aprendido com Deus, na visão de minha avó, não foi e nem é qualquer carrasco arbitrário que tenha me apontado o dedo em uma loteria e assim me chamasse a deixar o corpo físico.

Estarei com vocês como estou, e o corpo apenas cumpriu o tempo que precisava para estar ao lado de vocês.

Vamos nos ajudar com nossa aceitação.

Teria muito para falar, mas meu tempo já se esgotou.

Mãe, te amo, papai nunca lhe esquecerei, Maikon, Maneco, força aí, vocês irão sempre viver no meu coração, pois sou o irmão que não lhes deixou para sempre… Eu vivo e penso em vocês…

Até lá mamãe…

Beijos de seu eterno tudo, seu filho Morgan. 

IURI MORGAN GESSI (20/01/2013, 18 anos)

Mensagem psicografada nas Faculdades Integradas Espírita, organizada pelo Centro Espírita Bom Samaritano, em Curitiba, no dia 16 de fevereiro de 2014, pelo médium Orlando Norona Carneiro.

Posted in Psicografias

Psicografias

Prezados Amigos,

Com alegria informamos da psicografia, como sempre sobre as bênçãos de Jesus, na divulgação da Doutrina Espírita codificada por Allan Kardec à luz do Evangelho de Jesus.

Calendário atualizado em todos os locais. (aqui).

Senhas da Psicografia

Em geral, convidamos a todos que busquem, se for de sua vontade, uma Casa Espírita, orientada conforme os preceitos de Jesus e Kardec, e de fácil acesso, com o objetivo de conhecerem a Doutrina Espírita em seus estudos e cursos especializados.

Fraternalmente,
EQUIPE PORTAS DO AMOR