O FILHO QUE ACIMA DE TUDO NÃO MORREU (Nestor de Matias Júnior)

Querida mãezinha e minha irmã Monique, papai Nestor, Deus nos ajude e nos proteja.

A saudade também é grande, contudo não podemos deixar a peteca cair.

Toda a tristeza e desânimo que se instala por longo curso é um convite a doenças no corpo. É por isso mamãe querida peço que você se entregue às novas atividades.

Entendo o seu coração de mãe que ressente a ausência do filho que acima de tudo não morreu.

Pensando assim mamãe vamos em frente, dando um passo a mais em favor do otimismo que devemos cultivar.

Vovô Manoel vem sendo um excelente companheiro, um grande amigo, e juntos vamos dando apoio um ao outro, pode ficar tranquila mamãe, pois não estou parado e sem atividade.

A Engenharia por aqui ganha outros aspectos, outras lições, que venho me adequando.

As coisas por aqui são mais sutis, são mais sutis mesmo. Assim nesse novo curso da vida eu vou projetando o amanhã, assim sendo não há o que se preocupar comigo, ficando sim a saudade como uma questão a ser administrada.

Espero que a alegria retorne com o ar da esperança.

Nada acontecerá conosco mamãe, se soubermos confiar.

Monique, sei do duro no dia a dia, mas tudo é aprendizado, confiemos que tudo vai dar certo.

A tranquilidade é o nosso porto, e adquirimos com o dever cumprido. Nada nos perturbará com a fé em Deus.

Nesse Natal a luz de Jesus nos abençoe, fiquemos firmes nas comemorações, Deus nos ajudará a vencer as etapas que a vida nos traga.

Com o meu eterno abraço e meu beijo no coração de cada um.

NESTOR DE MATOS JUNIOR (09/05/2012, 26 anos)

Mensagem psicografada no Centro Espírita Recanto da Prece, em Curitiba, no dia 16 de dezembro de 2012, pelo médium Orlando Noronha Carneiro­

Publicado em Psicografias