NÃO EXISTEM INFERNOS ETERNOS OU PURGATÓRIOS (Josiane Mariana Ferreira)

Meu irmão Fabiano, não sei de verdade como trazer-lhe as notícias.

Estou me recuperando, se não fosse o nosso avô Pedro e outros amigos daqui seria impossível vir aqui.

Não irei estender até porque não me encontro com toda energia e memória do mundo.

Estou sendo auxiliada para conduzir a carta, mas sou eu mesma.

Sei que a mamãe Maria de Fátima e o papai João, estão esperando ansiosos algo sobre mim e pela bondade de tanta ajuda e com sua vinda, conseguiram me trazer.

Aqui estou e sei que para mim também será importante trazer a notícia.

Estou sabendo, Fabiano, que foi você que me encontrou na situação triste em que agredi a mim mesma. É por isso que principalmente venho lhe pedir que me desculpe por colocá-lo em situação tão deplorável.

Você não sabe o quanto é bom, me faz bem e me alivia vir lhe pedir desculpas por não ter aguentado a “barra”, aguentado a pressão da situação em que me via, mas eu não consegui controlar os problemas e a situação em que me vi e peço não mencionar nesta carta, mas eu lutei até o último para não fazer o que eu fiz, mas em um momento doentio de minha parte eu fiz o que fiz e só trouxe pesar e desolação em minha mente.

Eu não sei por quais mãos eu fui aliviada das turbulências em que me vi, como se o mundo virasse contra mim.

O estado febril de dor e problemas que prefiro não relatar me envolveram, mas mãos caridosas, mãos do céu, creio, colocaram a mão sobre a minha cabeça.

Eu dormi, eu dormi e acordei depois onde fui recebida pelo “vô” e depois vieram outros que eram médicos e psicólogos a iniciarem o meu tratamento que segue até hoje, conseguindo melhoras progressivas.

Peço que você, a mamãe Maria de Fátima e o papai João, me desculpem não ter primeiro ouvido vocês para distanciar da situação e olhar para outro caminho. E segundo, por favor, me desculpem por não ter resistido à própria dor e ter agredido a mim mesma.

Sei que não foi fácil a situação, mas é o que peço que me entendam e continuem orando por mim.

Mamãe, Papai, agora está tudo bem comigo, não existem infernos eternos ou purgatórios para quem, por fraqueza, desistiu de vencer os seus problemas, atacando com a própria vida.

Eu então estou aqui para uma nova caminhada e que sei o quanto vocês fazem, todos vocês, pelo João Gabriel e pelo Davi, meus filhos, e que isso me conforta pela constante bondade.

Meu irmão, não se entregue assim a tanta dor, Jesus a quem estou me apoiando ainda mais irá ajudar você a sair destes pesadelos das lembranças ruins que ficaram.

Conte agora comigo, pois vou pedir por você.

Fabiano desculpe se não consigo ir mais do que posso hoje, mas Fabiano, você estará levando até a mamãe esta simples carta para desafogar esta nossa dor.

Fabiano, reaja, reaja, eu vou lhe ajudar.

Preciso parar, outro dia quem sabe eu volto, Josiane.

JOSIANE MARIANA FERREIRA (01/12/2011, 23 anos)

Mensagem psicografada no Centro Espírita Recanto da Prece, em Curitiba, no dia 29 de julho de 2012, pelo médium Orlando Noronha Carneiro­

Posted in Psicografias

Deixe uma resposta

Psicografias

Prezados Amigos,

Com alegria informamos da psicografia, como sempre sobre as bênçãos de Jesus, na divulgação da Doutrina Espírita codificada por Allan Kardec à luz do Evangelho de Jesus.

Calendário atualizado em todos os locais. (aqui).

Senhas da Psicografia

Em geral, convidamos a todos que busquem, se for de sua vontade, uma Casa Espírita, orientada conforme os preceitos de Jesus e Kardec, e de fácil acesso, com o objetivo de conhecerem a Doutrina Espírita em seus estudos e cursos especializados.

Fraternalmente,
EQUIPE PORTAS DO AMOR