Hoje é um novo dia para a gente (Renato da Fonseca Jr)

Querida mãezinha Derci, hoje é um dia de alegria e festa para nós.

Não será mais todos os domingos que suas lágrimas de sofrimento envolvem esses olhos santos para mim.

Ah mamãe, não quero mais ver tanta dor lá em casa, com esses três anos de silêncio que são rompidos agora nessa carta de seu filho sempre grato.

Suas lágrimas são santas e não digo que você deve nunca mais chorar, mas mãe sejam suas lágrimas de esperança olhando para a minha foto.

Aqui comigo o papai Renato que também lhe deixa um grande abraço em seu coração.

A vó Maria também está aqui do meu lado e segura em minhas mãos, com o amparo que o seu filho precisa e tanto necessita.

Mãe, as doenças epidêmicas, como assim dizem, por mais tenham fatores que não conhecemos no seu todo, quando se instalam atendem sua programação. Deus tudo controla.

Aquele H1N1 que chegou epidêmica, por mais as causas do desiquilíbrio do homem, ela se intensificou atingindo muitas pessoas que precisam vivenciar, mãe, essa provação.

Aprendi com a vó Maria que Deus não só não erra, tudo é perfeito em sua obra, que jamais Deus escolhe quais de seus filhos devam sofrer.

Mãe, tem tanta coisa para a gente compreender. Seu filho não foi abatido no hospital por aquele H1N1 por acaso. Tenha certeza disso. Passei, mãe, pela prova que necessitava passar.

Vamos aceitar com Deus essa verdade, e seu Renato não fugiu de você, nem de meu irmão Gladston.

O pai Renato está bem, fica com Deus mãe, seja forte por mim e por todos nós.

Que saudade de minha filha Rafaela, mas sei que ela terá muito sucesso nessa vida.

Hoje é um novo dia para a gente.

Quero carregar você no colo, mãe…

Sou o seu filho, seu eterno companheiro…

RENATO DA FONSECA JUNIOR (19/06/2012, 40 anos)

Mensagem psicografada na Associação Beneficente Espírita Caminheiros do Bem, em Curitiba, no dia 20 de dezembro de 2015, pelo médium Orlando Noronha Carneiro.

Publicado em Psicografias