ESTOU BEM MÃE, ACREDITE (André Luiz Carneiro Licheski)

Mamãe Mirian, minhas irmãs Bel e Ana, papai João, estou com a minha avó Maria da Graças.

Estou bem mamãe, estou bem, você pode dormir com serenidade, o seu filho não está sofrendo por aqui.

Entendo a sua preocupação que é da mãe sempre dedicada que é.

Prossegui com o apoio de médicos espirituais que me ajudaram nos primeiros instantes e agora estou nos trinks.

Ouço as lágrimas partindo de casa, mas a vovó me dá o suporte para entender que são lágrimas fruto do amor e da saudades.

Tudo foi feito para meu bem e a aprovação temos que aceitar.

A vovó tem sido uma mãe para mim.

Mãe as suas orações de fé chegam até mim.

Me desculpem se não irei mais longe nessa carta, é o que consigo dizer hoje, mas irei voltar em outra oportunidade.

Bel, Ana, cuidem de nosso tesouro e obrigado por virem com mamãe.

Mãe, você sempre será a minha força.

Realmente quis poupá-la quando o médico indicou minha internação, não poderia ferir uma flor feito mãe.

Até logo, estou bem mãe, acredite, estou com a avó.

ANDRÉ LUIZ CARNEIRO LICHESKI (19/04/2011, 32 anos)

Mensagem psicografada no Centro Espírita Recanto da Prece, em Curitiba, no dia 25 de novembro de 2012, pelo médium Orlando Noronha Carneiro­

André Luiz

Publicado em Psicografias

Deixe uma resposta