Esperanças de Deus em Nossa Mão (Roselane Varela Floriano)

Meu querido esposo Romi, Deus nos ampare.

Desculpe se não irei avançar tanto no recado lhe trago, mas com a permissão dos benfeitores eu atendo o seu coração em desespero.

Tantos anos já se foram, mas a bondade de Deus me permitiu lhe acompanhar após as provas do câncer que me vieram como escola de aprendizado.

Ainda sinto as suas mãos juntas das minhas quando em oração você me deu forças para o enfrentamento do desligamento necessário do corpo físico. As pequenas atitudes têm mais representação porque sensibilizam o coração da alma.

Quando me foi possível e autorizado eu lhe fui acompanhar, pois pedi aos benfeitores espirituais que me dessem a permissão de seguir ao seu lado e do Eduardo nosso filho.

Graças a Deus entendi, aceitei seus novos caminhos, porque os que se amam entendem que algumas pausas são estratégias das Leis Divinas que nos aprimoram e que no próximo reencontro estejamos com mais material espiritual de qualidade para trocarmos em experiências. Um dia formaremos novas experiências.

Sei de sua preocupação com os conflitos de nosso Eduardo que vem perdendo a sua própria referência perante à vida. O Eduardo está recebendo a minha cooperação.

Os conflitos da alma são na verdade a grande epidemia de hoje que atormenta tanta gente.

Aconselho ao Eduardo a buscar o apoio médico especializado para ter amparo, auxílio, e assim caminhar com motivação. Entendo os conflitos do Eduardo, suas lutas e sua falta de ânimo.

Não se afoite Romi, e estarei lhe ajudando. Vai com calma.

Eduardo, filho, estou com você, força e superação. Não fique fixado em seu pessimismo, os dias que sempre apontam no futuro são as esperanças de Deus em nossa mão.

Força Romi, força, energia nova.

ROSELANE VARELA FLORIANO (27/06/1997, 35 anos)

Mensagem psicografada no ­­­­Centro Espírita Bom Samaritano, em Curitiba, no dia 25 de agosto de 2013, pelo médium Orlando Noronha Carneiro

Publicado em Psicografias