DEUS

Antero Quental



Quem, senão Deus, criou obra tamanha
O espaço e o tempo, as amplidões e as eras,
Onde se agitam turbilhões de esferas,
Que a luz, a excelsa luz, aquece e banha?
Quem, senão ele fez a esfinge estranha
No segredo inviolável das moneras,
No coração dos homens e das feras,
No coração do mar e da montanha!
Deus!... somente o Eterno, o Impenetrável,
Poderia criar o imensurável
E o Universo infinito criaria!...
Suprema paz, intérmina piedade,
E que habita na eterna claridade
Das torrentes da Luz e da Harmonia!
                                         ANTERO DE QUENTAL
(Parnaso de Além -Túmulo, primeira Obra psicografada pelo médium Francisco Cândido Xavier)
Publicado em Mensagens Psicografadas por Chico Xavier

Deixe uma resposta