Deus está acima de tudo (Ney Bettega Junior)

Fran, meu amor, mãezona, pai Ney, estou tentando driblar um pouquinho a timidez, mas a avó Ana ao meu lado me auxilia me dando confiança.

Vim com a minha avó que tem sido para mim a minha âncora para compreender todas as coisas que aconteceram…

No fundo algo me dizia, lá no fundo do coração, que tudo passaria, que conseguiríamos reverter o quadro, por mais o diagnóstico desfavorável do câncer, mas contei com vocês, apoio de você Fran, você mãe, e você pai Ney, e do Giovanni meu irmão.

Estávamos batalhando para tudo superar. São coisas da vida, que ouvimos dos dramas de um vizinho, de um familiar, de um amigo, que se veem com os seus em diagnósticos de câncer. Pois essa situação bateu em mim, e aí a gente pergunta porquê.

Não é filosofar não, e quando me vi transportado para cá onde a vida segue com tantas surpresas ao meu lado me acendeu ainda mais as perguntas para a vida, porque quem veio ao meu socorro é a vovó Ana que tranquilizou meus anseios. Ela me tranquilizou, disse-me que tivesse calma, e que Deus está acima de tudo.

Conversou comigo, que eu deveria pensar em não castigo, ou que a vida quis nos provar por acaso, que havia um sentido de ter vindo o câncer, que no momento certo eu entenderia o mecanismo desses sofrimentos que chegam e a gente não entende, e estou com calma esperando encontrar a raiz de tudo que me aconteceu.

Ouvi comentários da reencarnação aqui, bem geralzão, mas vou me informar…

Fran, não esquecerei jamais da grande pessoa, o grande amor que eu encontrei e que não precisava provar nada, mas você foi o ombro lado a lado até o dia que você sabe.

Eu estou me recuperando bem…

Mãe e pai Ney, eu não estou sofrendo… A vovó não deixa eu ficar triste.

Fran, vai em frente, estarei torcendo por você.

Grande abraço ao Giovanni.

O filho que deixa o melhor de mim nessas folhas, Neyzinho.

NEY BETTEGA JUNIOR (17/01/2014, 29 anos)

Mensagem psicografada nas Faculdades Integradas Espírita, organizada pelo Centro Espírita Bom Samaritano, em Curitiba, no dia 16 de fevereiro de 2014, pelo médium Orlando Noronha Carneiro.

Publicado em Psicografias