Coração Novo (Ascendino Zomer)

Minha querida esposa, chego aqui um tanto surpreso, mas com sua mesma expectativa de intercâmbio.

Só são apenas algumas palavras, e acompanhei a sua viagem, e seus pensamentos chegarem até mim com o mesmo carinho que você sempre me dedicou.

A minha história foi longa, porque as condições cardíacas sempre apresentaram os meus limites e os cuidados constantes com o tratamento médico, que não foi só por um breve período.

O que seria de meu pobre coração se não tivesse o aconselhamento médico? E como eu deveria me conduzir no dia a dia?

Lembro aqui o seu total carinho para comigo, e sei que você teve que desenvolver tamanha paciência comigo. Claro que por mim mesmo, eu não iria chegar aqui com toda a segurança, pois então a Dona Ondina se colocou à minha disposição para me apoiar nas palavras simples que trago a você e ao Tiago, na certeza de que hoje me vejo bem melhor graças a Deus, e aqui tudo continua.

Por que eu digo isso? Precisei manter o outro tipo de tratamento para repor o sistema do coração com suas funções normalizadas.

Fico muito feliz pela oportunidade que me é dada, não é fácil atuar nesse telefone diferente, pois a dona Ondina me auxilia com outro amigo da equipe daqui chamado Abelha, um jovem muito amoroso e educado.

Agradeço seu esforço em chegar aqui, e sei que é para nós um breve abraço, que essas folhas se fazem mensageiras de minha saudade.

Venho aos poucos me mantendo mais sereno e calmo, porque não é nada fácil a adaptação e a ausência de sua presença sempre viva em minha memória.

Às vezes ainda sinto um certo cansaço, mas o médico daqui que me atende me disse que logo irei recompor meu estado e conseguirem me sentir um menino de 18 anos.

Agradeço suas vibrações que chegam até mim e obrigado por batalhar comigo no dia a dia.

Necessito por agora deixar a escrita, mas fique bem, fique firme, e estarei daqui lutando para que você fique bem comigo.

Você sempre em meu coração, sou o seu grande devedor contando com seus pensamentos sempre, e quem sabe volto com mais tempo.

Deixo aqui meu coração novo, retorne em paz.

ASCENDINO ZOMER (28/01/2015, 81 anos)

Mensagem psicografada na Associação Beneficente Espírita Caminheiros do Bem, em Curitiba, no dia 20 de março de 2016, pelo médium Orlando Noronha Carneiro.

Publicado em Destaques, Psicografias